Home » Mundo » 7 momentos que nosso cérebro nos “prega peças”

7 momentos que nosso cérebro nos “prega peças”

Nosso cérebro é uma máquina magnífica. Nem mesmo o mais moderno dos computadores conseguiu supera-lo até hoje. Entretanto, todo mecanismo, por vezes, acaba falhando e o cérebro humano não é uma exceção. O nosso próprio cérebro nos prega algumas peças e truques.

A percepção das coisas ao nosso redor são determinadas pela forma como nosso cérebro as entende. Conforme a vida vai passando, esse poderoso órgão é capaz de criar certos atalhos para processar certas coisas, assim economizando energia e nos poupando de certos esforços.

Mesmo sendo essa máquina exuberante, ele comete alguns pequenos erros que nos deixam confusos, criando uma noção completamente distorcida da realidade. Pensando nisso, hoje, listamos algumas das vezes que nosso cérebro acaba por nos enganar. Dê uma olhada!

1 – Heurística de acessibilidade

Nosso cérebro pode ser meio preguiçoso de vez em quando. Na maioria dos casos, quando tentamos resolver um problema, ele usa de experiências que foram bem sucedidas no passado. Isso é eficaz, porém, isso pode nos confundir e nos fazer cometer alguns erros.

Por exemplo, muitas pessoas possuem medo de voar de avião. Apesar dos muitos números por aí nos dizendo que é mais seguro viajar de avião do que de carro. Seu cérebro simplesmente te diz o seguinte: “Você já viajou de carro mil vezes e tudo ocorreu bem. Falhas em aviões estão nos noticiários toda semana”.

Esse tipo de “abordagem” é conhecido como heurística de acessibilidade. O cérebro nos engana, com alegações de que o avião é mais perigoso do que ele de fato é

2 – Síndrome do toque e vibração fantasma

Quem nunca sentiu o telefone tocando ou vibrando, e quando o pegou, viu que nada estava acontecendo? O toque fantasma costuma acontecer quando estamos tomando banho, assistindo TV ou usando um secador de cabelos. Possuímos uma sensibilidade à sinais auditivo de 1.000 a 6.000 hertz. Os toques de telefone celulares geralmente se encaixam nesse intervalo de frequência.

Para evitar as vibrações fantasmas é só desativar o modo vibração por um tempo, para você se desacostumar com ela e assim vê-la desaparecer de vez.

3 – Efeito de porta

Provavelmente, já deve ter acontecido com você de estar em um local, e por algum motivo, vai pegar algo em um outro cômodo da sua casa, e quando volta para o primeiro local já não se lembra exatamente o que estava fazendo no primeiro instante. O fato é que nosso cérebro acumula uma certa quantidade de memórias e exclui “arquivos” desnecessários. Ao entrarmos em um novo ambiente, nosso cérebro pode considerar isso como uma nova tarefa, apagando os “arquivos” anteriores.

4 – Ilusão da transparência

Com certeza, em algum momento de nossas vidas, já precisamos falar em público. Seja um discurso ou uma apresentação, por exemplo. Naquele momento, enquanto diante de uma plateia, você tem certeza de que todos ali sabem o quão nervoso você está. Mas, na verdade, ninguém sabe o que está acontecendo dentro de nós. Este é um pequeno truque do cérebro. Uma “pane”.

Estamos tão acostumados a termos total acesso aos nosso sentimentos e pensamentos que nosso cérebro se esquece que os outros não possuem tal capacidade.

5 – Falsas memórias

Pode acontecer de nosso cérebro se apropriar de memórias que, na verdade, nunca existiram. Isso é chamado de confabulação. Podemos contar com toda confiança sobre algo que tenha acontecido em nossa infância, sem sequer sabermos que não existia nada assim. Isso acontece porque o cérebro constrói memórias com base nas informações obtidas após o evento em si. Assim, a cada informação adicionada formamos uma imagem total do ocorrido e o tal fenômeno acontece.

6 – Ato falho

Você, provavelmente, já esteve em uma situação embaraçosa e de repente deixou escapar completamente o que você tinha em mente. Isso é chamado de ato falho. Tal situação ocorre quando nosso cérebro sugere que, no momento, não estamos falando o que em absoluto estamos sentindo.

Quando estamos cansados ou sobrecarregados por eventos e informações, nosso cérebro encontra uma maneira de jogar algumas coisas fora da mente subconscientes. O que pode lhe parecer uma grande traição do cérebro. No entanto, ele apenas está tentando lhe dizer que há ago mais importante do que conversas cotidianas.

7 – Espelho x Foto

Quase todo mundo já teve aquele momento em que você estava gostando do que via de si mesmo no espelho, mas em uma foto tirada no mesmo momento, você não gostava tanto. Isso ocorre porque estamos acostumados com a nossa imagem não volumétrica e ligeiramente distorcida no espelho. Ao tirarmos uma foto, nosso cérebro é surpreendido com coisas as quais ele não está acostumado, como a assimetria natural de nossos rostos e corpos. Causando o estranhamento sentido ao ver a foto.

Fonte: Fatos Desconhecidos / Imagens: Google

, , ,
ads 2